Flora / Florália

*FLORA. FLORÁLIA

Flora é em si o poder vegetativo; faz as árvores florescerem; preside “Tudo que floresce.”

A lenda afirma que o mito e as celebrações de Flora foram adicionadas em Roma (como acontece com Fides) por Tito Tacio, com outras divindades Sabinas.

Eles rendiam celebrações à ela, ambos povos, não latinos como latinos.

Algumas tradições Sabinas, haviam dedicado um mês a ela, o correspondente a mês de abril do calendário romano.

Com o nome de Flora, Ovidio relacionou-a com um mito helênico, assumindo que Flora era na verdade uma ninfa grega chamada Chloris.

Vagando pelos campos, num dia de primavera Zéfiro (deus do vento) a viu, e se apaixonou por ela e a sequestrou. Embora, posteriormente contraiu matrimônio oficial com Flora.

Em troca da “aceitação” do casamento e por amor que ela o inspirou, deu-lhe o dom de reinar sobre flores, não apenas aquelas nos jardins, mas também aquelas dos campos de cultivo.

O mel é considerado um dos presentes que ela, Flora, deu aos homens, bem como as sementes de inúmeras variedades de flores.

Ao contar esta lenda, Ovídio refere-se explicitamente ao rapto de Oritía por Boreas.

Sem dúvida, este é o modelo ao qual acrescenta um episódio singular: Flora estaria na origem do nascimento de Marte.

Juno, zangada com a forma como Minerva nasceu, espontaneamente da cabeça de Júpiter, queria conceber um filho sem a inclusão e do elemento masculino e foi até Flora, que lhe deu uma flor, cujo o simples contato seria o suficiente para engravidar uma mulher.

Assim Juno, sem o contato físico com Júpiter, deu à luz o deus (Marte/Ares) cujo nome está relacionado com o primeiro mês da primavera no Hemisfério Norte.

Mais tarde, em homenagem à Flora foram estipulados os festivais Florália.

A Floralia era um festival romano, em honra à deusa Flora, ocorrido no mês de maio e ligado ao ciclo agrário, para consagrar as florações da primavera. Iniciava-se em 28 de abril e se estendia até 3 de maio, com representações teatrais, solturas de animais associados à fertilidade e outros diversos entretenimentos, tais como circo e teatro.

Foto por David Bartus em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: