Dança (Simbologia)

Dança

A dança é uma expressão de linguagem, é celebração, é busca de conexão (interior e exterior). Quando nos falta palavras, dançamos.

O que é essa febre, capaz de apoderar-se de uma criatura e de agitá-la até o frenesi, senão a manifestação muitas vezes explosiva, do Instinto de Vida, que só aspira rejeitar toda a dualidade do temporal para reencontrar, de um salto, a unidade primeira, em que corpos e almas, criador e criação, visível e invisível se encontram e se soldam, fora do tempo, num só êxtase. A dança clama pela identificação com o imperecível; celebra-o.

A dança nos traz a capacidade de restabelecer o compasso, o ritmo, a cadência… Estimula a coordenação do corpo e a percepção do mesmo. Aguça a criatividade e sensibilidade. Melhora a autoestima.

Os xamãs usam o ritmo do tambor e a dança para elevar o nível de consciência e alcançar outros planos no campo espiritual. De norte a sul, de leste a oeste e centro do Planeta Terra encontram-se registros históricos, religiosos, arqueológicos do poder da dança.

É uma forma de estabelecer contato, inclusive, e novas relações com os números!

Dancemos!

O mundo cognitivo, emocional, psíquico, energético e espiritual agradecem!

Fonte: Dicionário dos Símbolos, Jean Chevalier e Alain Gheerbrant, José Olimpio Editora.

Foto por Wellington Cunha em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: