Relâmpago (Simbologia) – atributo de Zeus/Júpiter

O relâmpago (simbolicamente) está associado com a quinta essência da iluminação, ele irrompe a escuridão, é o inesperado que atrai tanto destruição como criação, um tipo de fecundidade inexplicável; está associado ao elemento fogo (celeste).

É tido por inúmeras tradições como a centelha de vida, o poder fertilizante.

É rápido, inesperado, não se sabe de onde vem, nem quando e nem como, por isso muito temido e respeitado em várias culturas ancestrais. Ele, junto com o trovão, é uma mensagem e ao mesmo tempo mensageiro do próprio Deus Criador de Tudo e de Todos, é o potente lembrete que vem do Céu.

Dentro de algumas tradições xamãnicas ele é o responsável por trazer a intuição, a clareza em meio ao caos da vida, podendo tempos depois, mostrar um novo caminho ao iniciado.

Ele nos tira do torpor, promovendo algum tipo de despertar, propicia um novo ciclo.

Em outras análises, ele provoca em nós a necessidade de nos recolher e nos proteger, só que numa intensidade maior e bem diferente da chuva, pois seu convite ao recolhimento vem carregado de temor, impotência, pavor… Se trata de encarar o incontrolável que existe na vida…

Por outro lado ele é a própria arma, e em si mesmo, é o armado.

Forjado pelas mãos dos Cíclopes, o raio foi dado à Zeus, como reconhecimento da sua inteligência, força e impetuosidade intuitiva que o levou à vitória.

Os relâmpagos e trovões são símbolos de força, poder, diferenciação, superioridade, destaque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: